DICAS DE SAÚDE
 
 
Cinco dicas para melhorar a qualidade de vida na terceira idade

Cinco dicas para melhorar a qualidade de vida na...

 
 
Octogenários têm preferência na fila preferencial, garante estatuto

Octogenários têm preferência na...

 
 
Natação para idosos

Não existe idade certa para aprender a nadar....

 
 
O condicionamento físico por meio do método pilates na idade mais feliz

Envelhecer é um processo lento e progressivo. Ninguém envelhece...

 
 
CUIDADOS COM A SAÚDE NA PRIMAVERA

Especialistas alertam que a estação do reflorescimento...

 
 
O condicionamento físico por meio do método pilates na idade mais feliz
 

Envelhecer é um processo lento e progressivo. Ninguém envelhece da noite para o dia. Como estas mudanças acontecem de forma contínua e não eventual, é necessário adaptar-se a elas durante toda a vida.

No princípio do século passado, a expectativa de vida da população era de 35 anos. Atualmente, calcula-se que, nos países desenvolvidos, seja de 74 anos para homens e 82 para mulheres. No Brasil, segundo pesquisa feita em 2000, a expectativa de vida é de 64 anos para homens e 72 para mulheres.

A porcentagem elevada de pessoas idosas em uma sociedade constitui um índice de progresso e desenvolvimento. Ver cada vez mais idosos nas ruas é motivo de satisfação: isso representa uma vitória em relação ao tempo. Contudo, a preocupação não deve ser quantos anos a pessoa irá viver, mas, sim, de que forma esses anos serão vividos e em que estado de saúde e de espírito.

São muitos os benefícios proporcionados pelo Pilates aos idosos: alívio da dor, principalmente as lombares, maior percepção dos movimentos, fortalecimento muscular, maior equilíbrio, aumento da flexibilidade (musculatura mais alongada), alívio do estresse, entre outros. A grande vantagem está na melhora da auto-estima do praticante, uma vez que ele consegue realizar uma série de exercícios físicos que até então não se julgava capaz.

Mais força, maior controle muscular, melhor capacidade respiratória e melhor circulação, maior flexibilidade, musculatura mais alongada, tonificada e definida, postura mais correta, mais consciência corporal, maiores equilíbrio e coordenação, alívio do estresse, da fadiga e de dores musculares e melhor saúde das articulações são alguns dos ganhos enumerados. Tudo em benefício dos mais idosos ou de quem tem algum problema de saúde que causa limitações físicas.

O aumento do equilíbrio corporal também é um grande avanço, já que o idoso tem seu equilíbrio comprometido devido à idade. Tudo isso sem nenhum risco de lesão corporal, já que Pilates é um trabalho aplicado com uma grande margem de segurança, não cansa e não causa dores musculares posteriores.
O maior equilíbrio muscular possibilita realizar com mais conforto as tarefas do dia-a-dia. Dá mais energia.

O respeito aos limites do corpo evita lesões e desgaste físico; a respiração correta aumenta a capacidade pulmonar e melhora a circulação;

Fonte: www.abpilates.com.br/site/metodos.asp?id=2

Foto: http://fisiologic.com.br